Estilo
A sensualidade das body chains

A sensualidade das body chains

Joias sobre o corpo permanecem como aposta para 2017

A origem da inspiração é indiana, mas a sensualidade é perfeita para uma brasileira: as body chains, ou body jewelleries (jóias de corpo), são peças, feitas geralmente em correntes, pérolas ou pedrarias, que compõem todo o corpo. Uma extensão dos maxi colares, que pesam do pescoço a abaixo dos seios, as body chains (correntes de corpo) cobrem muitas vezes os ombros, contornam as costas, barrigas, e até seguem para as coxas. A tendência, apesar de parecer pesada, é bem sutil e um ponto de contraste para looks simples. Por isso, é uma aposta para trazer sensualidade e personalidade no verão, quando o que se busca é vestir um volume menor de tecido.

A moda começou a ser notada ainda em 2012/2014, quando algumas celebridades trouxeram essa inspiração para os palcos. Não demorou muito para que esse tipo de joia passasse a ser explorado pelo mundo da moda. Um desfile memorável foi o da Versace para sua coleção primavera-verão 2014. Foi uma das primeiras grandes grifes a apostarem no acessório, que àquela época ainda era visto de maneira estranha pelo consumidor comum.

A sensualidade das body chains
Foto: Reprodução Internet

De lá pra cá outros nomes começaram a explorar as body jewelleries e a de fato criar em cima dessa tendência, tão diversa no mercado da moda. Ainda que com muitas possibilidades, são nos desfiles de primavera e verão onde tais joias tem mais espaços. Em 2016, Alexander McQueen explorou as body chains em muito de seus looks para a temporada. A excentricidade do acessório foi um complemento ao estilo marcante do estilista, que já vestiu artistas como Lady Gaga.

Já para essa mesma temporada em 2017, a tendência continua, como já anunciavam os desfiles focados na primavera e verão desse ano. A grife Philipp Plein apostando no mix de informação das pesadas correntes com estampas, e a minimalista Anne Sophie Madsen apostando no oposto: as body jewelleries de forma sutil com tecidos discretos. As possibilidades são infinitas.

A sensualidade das body chains
Foto: Vogue

Apesar de cada vez mais popular, as joias de corpo foram adotadas por grifes de renome, e hoje é possível encontrar variedades da peça que chegam a 7 mil dólares, como é o caso do modelo da Diana Kordas (à esquerda), em ouro 18 quilates. À direita na parte superior, o modelo da Rosantica chega a quase 2 mil dólares (U$ 1.903) e na direita inferior, a joia da Arme de L’Amour, mais em conta, por 537 dólares. Ainda assim, é possível encontrar releituras em diversas lojas de departamento por um valor popular (e em reais!).

Sensuais, refinadas e ainda assim contrastantes, as joias de corpo estão na lista dos acessórios preferidos da Cleo. E vocês, apostarão nas correntes?

 

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo