Estilo
Primavera ao natural

Primavera ao natural

As flores começam a brotar. Como se vestir como manda a natureza?

Na última sexta-feira, dia 22, comemoramos o equinócio de primavera e demos início à estação que rege o nascimento das flores e frutos. Com muitas cores, odores e beleza, a primavera anuncia também a chegada do calor. Um prato cheio para a moda, que encontra nesse período a oportunidade para trabalhar com texturas e estamparias das mais diversas.

Se vestir nesse período não tem muito erro. Basta seguir aos estímulos da própria natureza. Pelo calor, os tecidos leves são os mais indicados. Na estação, a praticidade e conforto são o que norteia as escolhas de moda. Para as cores, segue-se a mesma lógica: em tempos de muita luminosidade como a primavera, tons claros são os mais indicados por não reterem temperatura. Basta observar como no outono e inverno, quando o intuito primeiro do vestuário é se aquecer, tons escuros como preto e marrom são os mais evidentes. Na primavera, aposte na alegria do amarelo, verde e azul, e nas cores das flores. É uma oportunidade pra brincar com toda a beleza das paisagens naturais.

Cleo para a Triton
Cleo para a Triton

As cores são peça chave na primavera, mas também é possível aproveitar a estação mesmo com tons monocromáticos, como na peça da Triton com Cleo acima. Com o preto e branco, é possível compor um vestuário para a primavera: basta saber trabalhar com os tecidos. Na falta das cores, são eles que vão fazer o link com o período. Nessa época tão florida, o ideal é abraçar os tecidos naturais: linho, algodão e seda. São opções leves, fluidas e confortáveis, e como na composição da Cleo, o divertido que pede a primavera se faz presente nas borboletas que estampam a calça e povoam os jardins que voltam a florescer. A camisa de linho, tão formal e estruturada, tem sua quebra com a amarra abaixo dos seios.

As mesmas borboletas no look de Cleo também foram uma das referências da Versace, que apresentou sua coleção de primavera no último dia 22 na semana de moda de Milão. As peças da marca são uma amostra de como a primavera não se resume apenas a estampas de flores, mas a tudo o que é natural. Na primeira combinação (abaixo) as borboletas compõem o look praia do desfile. Já no segundo exemplo, a natureza esteve representada nas conchas do mar: ainda que a estação seja a do nascer das flores, toda a natureza volta a ter vida nessa época do ano, inclusive nos mares. E por que não explorar esse universo?

FFW
FFW

Os dois modelos são exemplo desse abraço total à natureza: borboletas, conchas, estrelas do mar, nas cores mais diversas. Outro ponto que é necessário repensar, também, é a maquiagem, tão importante em uma composição quanto o vestuário. O calor se aproxima e como cuidar da sua pele? Nesse caso, o natural retorna como norte.

Os tons nudes, que já dominam as paletas desde o outono, continuam na cartela de cores da nova estação. Mas o que antes era queimado, em direção ao quente do rosa queimado e vermelho escuro, agora busca tons pasteis e mais sutis. Dê preferência aos batons similares aos cores naturais de seus lábios. A ideia é não se enfeitar para chamar atenção, mas para apenas trazer um aspecto saudável: rosa claro, pêssego e o nude são uma opção.

Primavera ao natural
Acervo

Se as cores estão nos tecidos, o rosto pede leveza. A pele, com leve contorno aos que ainda em tempos quentes não dispensam uma boa maquiagem, pode ser feita com um bronzer claro com iluminador. Mas tudo sem exagero: a ideia é delinear a estrutura óssea apenas com os brilhos do sol e verão. Na boca, tons pêssegos ou apenas um gloss sobre a cor natural dos lábios também já se fazem suficientes.

Seja para dia ou noite: o calor que chega pede sutileza: tecidos leves e contrastes moderados. A natureza começa devagar a mostrar suas cores, então tenha calma e também vá adicionando informação aos poucos. E sempre busque observar a natureza à sua volta. Ela vai te trazer ótimas inspirações.

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo